call.png
55 11 99567-5258 

CRP/SP: 7754/J 

mail.png

contato@habitarti.com.br

Ansiedade

01/09/2017

 

Estatísticas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP revelam que cerca de 12% da população do país é ansiosa e que, ao longo da vida, 23% dos brasileiros terão algum tipo de disturbio ansioso.

 

Os sintomas mais comuns da Ansiedade são sudorese (suor excessivo), taquicardia, distúrbio do sono (insônia), transtorno alimentar  (falta ou excesso de apetite), irritabilidade, dificuldade de concentração, disfunção erétil (ejaculação precoce ou impotência), alteração na libido, desarranjo intestinal, entre outros. 

 

Esses sintomas costumam se apresentar quando o organismo se sente em algum nível ameaçado - muitas vezes por causa da rotina agitada, pressão do dia-a-dia, excesso de trabalho e problemas pessoais.

 

O transtorno da ansiedade pode afetar a vida da pessoa de muitas formas. A dificuldade de concentração pode levar a queda da produtividade no trabalho ou nos estudos.

 

A compulsão por comer pode levar a pessoa a ficar sobrepeso, o que pode acarretar em outros problemas de saúde. A irritabilidade constante deixa a pessoa indisposta, impaciente, briguenta, aumenta a intolerância.

 

A disfunção erétil ou falta de disposição para o sexo podem trazer problemas para a vida conjugal. Portanto, quando a ansiedade se torna um transtorno a pessoa pode ter sua vida muito prejudicada e um bom acompanhamento psicológico é uma das formas mais efetivas de tratamento.

 

Leia mais em:

Sobre o autor:

Lizzie Cardoso - Psicóloga Clínica e Organizacional, realiza atendimento clínico com crianças, adolescentes, adultos, casais e família. Atende na unidade  do Mandaqui e Atendimento Domiciliar.

 

Fonte: