call.png
55 11 99567-5258 

CRP/SP: 7754/J 

mail.png

contato@habitarti.com.br

Dificuldades de Aprendizagem

05/07/2017

 

Quando falamos de dificuldades de aprendizagem estamos falando daquelas situações em que a escola ou a própria família detecta que aquela criança está com alguma dificuldade em aprender os conteúdos propostos em sala de aula. Isso pode se dar quando a criança não consegue acompanhar a sala, tem queda em seu desempenho escolar, muda de escola, período e outros casos.

 

Muitas vezes a própria escola ou os pais conseguem perceber o que está ocorrendo e já colocam um plano de ação assertivo em prática, fazendo com que a criança recupere seu ritmo natural de aprendizado. Em outros casos, o que foi pensado como intervenção não surte o efeito esperado e um profissional psicólogo ou psicopedagogo é acionado para diagnosticar o que ocorre e intervir de maneira que a criança retome seu ritmo de aprendizado, minimizando assim possíveis danos.

 

Esse profissional deverá avaliar todos os fatores envolvidos na situação, como o ambiente escolar, a dinâmica familiar e social, questões orgânicas como audição, visão e nutricional, pois todos esses fatores interferem na aprendizagem da criança.

 

A criança também será avaliada, pois além de fatores biológicos e ambientais, existem questões do próprio indivíduo que aprende, como sua motivação, a estrutura da personalidade, a capacidade linguística, podendo facilitar ou dificultar seu desenvolvimento.

 

Nesse momento será importante a distinção: se trata de um distúrbio de aprendizagem ou é apenas uma dificuldade pontual?

 

Os distúrbios de aprendizagem são aquelas dificuldades que vão além do ambiente escolar, interferindo também nas mudanças de conduta em casa e outras situações que envolvem o aumento de repertório da criança. São aquelas crianças que mesmo em um ambiente sociocultural e educacional adequados não conseguem ter um rendimento escolar esperado para sua idade. São apresentados por crianças com nível intelectual e cognitivo normais, contudo, aprendem de forma diferente. São estes:

 

  • Disgrafia
  • Disortografia
  • Discalculia
  • Dislexia

 

Outros quadros patológicos podem apresentar o distúrbio de aprendizado como uma comorbidade e nesses casos pode haver um comprometimento cognitivo e intelectual. São estes:

 

  • Paralisia Cerebral
  • Epilepsia
  • Deficiência Mental
  • Outros.

 

Portanto se faz importante diagnosticar se estamos diante de uma dificuldade de aprendizagem ou um distúrbio, pois os tratamentos e prognósticos são muito diferentes. Nesse diagnóstico o psicólogo ou psicopedagogo deverá acionar outros profissionais como médicos pediatras, neurologistas, fonoaudiólogos entre outros, a fim de que com uma visão interdisciplinar se possa fazer uma avaliação mais completa.

 

Apesar de muitas vezes os pais e escola terem pressa no resultado dessa avaliação, é importante que intervenções sejam propostas desde o início e que se espere para chegar a algumas conclusões, pois muitos casos respondem bem a essas intervenções, clarificando um pouco mais o que está ocorrendo.

 

Falamos muito dos casos que nos deparamos ainda na infância, mas não devemos esquecer que adultos ainda sofrem com esse tipo de situação, pois na sua infância não tiveram a oportunidade de ter um diagnóstico correto e sofrem com as consequências dessas dificuldades.

 

Leia também:

Sobre o autor:

Luana da Silva Oliveira - Psicóloga Clínica e Organizacional, realiza atendimento clínico com crianças, adolescentes, adultos, casais e família.